A formação do dermatologista

birthmark

A formação do dermatologista passa por seis anos da faculdade e depois residência médica de três anos ou igual período de estágio em Serviços Credenciados pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). Ao final dela, o médico faz uma prova prática e teórica para a obtenção do título de especialista em Dermatologia, que será registrado no Conselho Regional de cada estado, passando a receber, além do número de registro no Conselho Regional de Medicina, um registro como especialista, mais conhecido como RQE. Somente desta forma, o médico passa a ser chamado de dermatologista.

Todo médico pode, teoricamente, seguir qualquer área da Medicina – não se deve se não tem capacitação para tal –, inclusive a Dermatologia, mas não são todos que podem ser chamados de dermatologista. A área da especialidade tem sido muito invadida tanto por médicos não especialistas quanto por outros profissionais, como: odontólogos, fisioterapeutas, biomédicos e também por profissionais técnicos como esteticistas e similares. Cada um tem seu papel e sua função, sem dúvida, importantes na área da saúde e bem estar, mas, atuar na área da dermatologia clínica, cirúrgica e cosmiátrica, é papel do especialista, ou seja, do dermatologista.

Fazer consultas, tratamentos e procedimentos com profissionais não habilitados é um risco. São recorrentes as complicações em procedimentos feitos por não especialistas. Valorize a sua pele e sua saúde. Evite problemas! Não escolha por conta da divulgação na mídia ou menores custos. Procure se informar quem é o profissional escolhido. Busque um especialista registrado na Sociedade Brasileira de Dermatologia.